IMBOLG

Imbolc marca o restabelecimento da Deusa após ter dado à luz ao seu filho Deus. Ela é acordada, então, pela luz dos dias, que se tornam gradativamente mais longos. Seu filho já não é mais um bebê, tendo se tornado um jovem sedutor, e seu poder é sentido no morno calor dos dias, agora um pouco mais compridos.

Esse calor fertiliza a Terra, ou seja, a Deusa, e proporciona ao longo do período a germinação das sementes. É o sabbath dedicado à purificação. É a festa da fertilidade, caracterizada por muitas velas acesas, que representam nossa própria iluminação e inspiração. Imbolc também é conhecido como Oimelc, Lupercalia, Festa de Pã, dia de Brigit, além de outro nomes.

Nesse período, não existem flores nem frutos no altar, representando o que acontece com a natureza.

É tempo propício para a realização de feitiços ligados à fertilidade e à prosperidade.

ERVAS TÍPICAS: Angélica, Manjericão, Louro, Benjoin, Urze, Mirra e Flores amarelas

COMIDAS TÍPICAS: Laticínios, Creme azedo, Comidas condimentadas e encorpadas, Pratos com pimenta, curry, cebolas, cebolinha ou alho - porro, pratos com passas e um vinho bem forte.



Voltar Índice-Sabbats
Voltar para a Página Inicial